Você é viciado em Internet – não se preocupe mais, temos o remédio de como curar seu vício – Organizações Rei da Cocada Preta 1

Agora depois de brincar um pouco com o título o negócio é sério, tem gente muito viciada na rede atualmente, e internet causa dependência. Minha mente e eu que o diga quando fico um dia sem acessar e consultar minhas 15 contas de e-mails, 10 sites que gerencio, contatos, redes sociais, etc…
Nerd geek
Email, MSN, Blogs, Orkut e, para os mais antenadinhos, twitter. Onipresente na vida moderna e indispensável para o trabalho, a internet tem todos os atributos para se implantar como um vício.

Embora ainda não tenha recebido o ‘status’ oficial de doença psicológica, o vício em internet pode trazer graves problemas à sua vida familiar e profissional, com sintomas e conseqüências muito parecidas com o vício em televisão. Na internet há TANTA COISA interessante, curiosa ou bizarra acessível neste segundo que as obrigações do dia acabam ficando para depois.

Sintomas do Vício em Internet

1. Você passa mais tempo com computadores que com pessoas

Quando sua vida virtual acaba tomando espaço da sua vida real, acenda o sinal amarelo. Se o seu trabalho requer conexão constante à internet, incluindo contato online com outras pessoas, questione-se honestamente se o tempo é bem organizado ou mais parecido com ‘jogar conversa fora’.

 

2. Você não respeita seus próprios limites

 

Uma dos fundamentos do desenvolvimento pessoal é saber estabelecer metas e limites, e cumpri-los. O vício faz com que suas metas se afastem e seus limites transbordem. Experimente utilizar algum tipo de cronômetro para descobrir realmente quanto tempo permanece na internet em atividades úteis.

3. Você não revela quanto tempo realmente passa navegando

 

Um dos sintomas mais gritantes do vício é a necessidade de mentir para outras pessoas sobre seu comportamento. Se tiver qualquer problema em admitir em seu grupo quanto tempo passa online, acenda o sinal vermelho.

 

4. Você não consegue se imaginar vivendo sem internet

 

Uma pessoa realmente viciada em cigarro sente aflição ao ter que fazer uma viagem longa de avião e se enche de adesivos para suportar 8 horas sem uma tragadinha. Como você se sente se tiver que ficar privado da internet por um final de semana? Ou uma semana inteira? Ansiedade por retornar à rede pela atividade em si é um indicativo sério de comportamento viciado. Se acorda às 3 da manhã e pensa em dar ‘uma conferidinha no email’, seu caso já se tornou grave.

Resolvendo o problema

 

1. Compartilhe as atividades

 

Se trabalha em uma equipe que utiliza a WEB de forma mais intensiva, peça uma ajuda a seus colegas e procure delegar as funções que exigem mais navegação e assuma funções que podem ser realizadas offline, ao menos durante o período de ‘desintoxicação’. Então puxe o cabo ADSL do seu computador e veja o email apenas 2 ou 3 vezes por dia.

2. Liste suas atividades Online

 

Ok, você realmente precisa trabalhar conectado, ao menos uma parte do tempo. Faça uma lista das suas tarefas online, com tempo previsto para cada uma. Seja honesto na hora de delimitar o tempo em cada tarefa, mas também na hora de cumpri-las. Encerrada a lista, puxe o cabo, unplugged!

3. Peça ajuda a sua família e amigos

 

Sua família vai ajudar com prazer em cronometrar e fiscalizar o tempo que você gasta online, afinal este tempo economizado se converte em qualidade de vida para todos. Meia a hora a menos lendo ‘blogs de fofoca’ pode se tranformar em uma conversa intimista a dois, uma aventura como cachorro ou até em um jogo de futebol de botão absolutamente histórico com seu filho.

 

4. Abandone o computador para fins recreacionais

 

Sim, eu também acho que se divertir na internet é muito melhor que ver televisão (ou esta é apenas a minha desculpa pessoal para manter meu vício bem escondido). Para se divertir, que tal conversar mais, ler mais livros e revistas, retirar o jogo de xadrez do fundo do armário ou reabrir aquela caixa antiga de revistas da turma da mônica? Há muita vida e diversão além das telas de plasma e LCD.

 

5. Mude suas rotinas

 

Você checa seu email compulsivamente a cada 10 minutos?

Estabeleça horários, de acordo com sua necessidade.

 

Navega sempre nos mesmos sites, mesmo que inúteis?

Bloqueie-os para você mesmo, com a extensão BlockSite do FireFox.

 

O MSN vive pipocando na sua tela sem real necessidade?

Informe aos seus contatos que estará disponível somente em um horário, e abra o programa somente neste intervalo

 

6. Acompanhe seus progressos

 

A internet é uma das maravilhas do mundo moderno, e somente seu abuso constitui um problema. Acompanhe seu progresso cronometrando quantas horas passa online e, quando chegar a um número que considere adequado, comemore com seus amigos e mantenha a nova rotina.

Essas dicas devem nos ajudar (sim, estou em processo de desintoxicação virtual) a tornar nossa vida mais equilibrada e bem sucedida. Você tem alguma dica? Deixe nos comentários.

Fonte: MetaExecutiva
Baseado no texto: 11 ways to detect and solve internet addiction

Share Button